XVIII Mostra de Artes de Palco anima Estreito de Câmara de Lobos entre 22 e 24 de abril

Edna Baptista

Entre os dias 22 e 24 de abril, a Casa do Povo do Estreito de Câmara de Lobos estará a promover a XVIII Mostra de Artes de Palco.

Conforme refere uma nota enviada à redação, com esta iniciativa, que terá lugar no Centro Cívico local e que juntará em palco várias vertentes artísticas, nomeadamente, a música, a dança e o teatro, a Casa do Povo pretende "contribuir para uma maior oferta cultural na Freguesia", proporcionando com esta mostra "uma oportunidade de reflexão e fruição sobre práticas artísticas e culturais, através da apresentação e cruzamento entre linguagens artísticas".

"Assim sendo, este certame artístico tem por objetivo principal a partilha de experiências pessoais, sociais, artísticas e culturais entre todos os grupos envolvidos", pode ler-se.

O programa da XVIII Mostra de Artes de Palco será preenchido no dia 22 de abril com as atuações do Grupo Fire Pocket da Associação de Jazz da Madeira Melro Preto e do músico Tiago Sena Silva.
Já no dia 23 de abril poderá contar com as atuações do Grupo de Danças de Salão (Centro Social e Paroquial do Carmo) e do grupo SweetDancers, enquanto que no encerramento, dia 24 de abril, será a vez do Grupo de Teatro da Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, Voo à Fantasia, com a peça "Um Amor Impossível" adaptação de Lília Pereira e Vanda Caixas, da obra O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá de Jorge Amado.
A XVIII Mostra de Artes de Palco conta com o apoio do Município de Câmara de Lobos, da Secretaria Regional de Inclusão e Cidadania através da Direção Regional dos Assuntos Sociais e da Junta de Freguesia do Estreito de Câmara de Lobos. Todo o evento é de Entrada Livre, sujeito à capacidade da sala.