Congresso de História da Madeira arrancou hoje

Edna Baptista

O Congresso de História da Madeira – Rumos de Pesquisa, Problemáticas, Análises arrancou hoje e decorre até dia 26 de novembro,

Esta é uma iniciativa promovida pela Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira (DRABM), através do Centro de Estudos de História do Atlântico – Alberto Vieira (CEHA-AV), que visa fornecer a oportunidade para divulgar e pôr em diálogo pesquisas e indagações relacionadas com a História, a Memória e o Património do Arquipélago da Madeira.

Na sessão de abertura, Eduardo Jesus, secretário Regional de Turismo e Cultura, considera que esta é "também uma oportunidade de afirmação do Centro de Estudos de História do Atlântico”, elogiando a determinação de Alberto Vieira que não desistiu da concretização deste centro e da promoção do conhecimento.

“Só através do conhecimento é que estamos a prestar um serviço à sociedade e, ao fim ao cabo, é permitir a sua evolução e o seu crescimento”, sustentou.

Desde a história do arquipélago até temas mais específicos, ligados a personalidades da Madeira e passando pela arquitetura, etnografia, medicina e até o património fotográfico, serão vários os assuntos em cima da mesa nos próximos dias de congresso, que conta com um painel de referência.

“Esta diversidade de temas e de fontes de pensamento permite mais e melhor conhecimento”, realçou Eduardo Jesus, esperando que deste encontro saiam conclusões que possam ser perpetuadas no tempo.