Filipe Passos leva o 'Fado de Salão' ao Baltazar Dias a 1 de novembro

No dia 1 de novembro, o Teatro Municipal Baltazar Dias recebe Filipe Passos, fadista madeirense, que integra o projeto ‘O Fado de Salão’.

Este concerto decorrerá na sala de espetáculos do Teatro às 21h e é direcionado a um público com idade superior aos 6 anos. Cada bilhete custa 7 euros e pode adquiri-los tanto na bilheteira do Teatro como através da Ticketline.

Este concerto será dirigido por quatro músicos. Filipe Passos que será o vocalista nasceu no Funchal onde frequentou o curso de piano no Conservatório de Música da Madeira entre 1995 e 1998, destacou-se como solista em diversos projetos como o ‘Pulso de Fado’, ‘O Fado de Salão’ e ‘Filipe Passos e Matriz Sonora’; Miguel Marques será o baixista. Ingressou no primeiro curso de jazz ministrado na ilha da Madeira e tem vindo a estudar com nomes de referência do jazz nacional; Nuno Nicolau será o pianista. É mestre em educação musical e participou em vários projetos musicais e atuou nos Estados Unidos da América; por fim, Mikolaj Lewkovicz será o violoncelista. É mestre em Belas-Artes e atualmente é violoncelista na Orquestra Clássica da Madeira e no Ensemble XXI.

José Manuel Neto será o músico convidado para ‘O Fado de Salão’. Nasceu em Lisboa no dia 29 de outubro de 1972 e começou a tocar guitarra com apenas 15 anos de idade. Destaca-se entre os jovens intérpretes como um dos instrumentistas mais requisitados no acompanhamento de fadistas em espetáculos e em gravações de discos.

‘O Fado de Salão’ é uma iniciativa que visa contribuir para a divulgação e promoção da poesia portuguesa, interpretada por grandes compositores, colocando em evidência o ambiente fadista no contexto de um projeto de revivalismo da Lisboa oitocentista. Este projeto pretende ainda recuperar a singularidade da cultura urbana popular que subiu aos salões da nobreza em sintonia com alguns instrumentos, como o piano, a flauta transversal, o violoncelo, a harpa e o baixo.