"As Mulheres do Calendário" brevemente em exibição no Casino da Madeira

Uma história baseada em fatos reais ocorridos na cidade de Yorkshire, onde mulheres de uma associação denominada “Women’s Institute”, decidem posar nuas para um calendário, com o intuito de arrecadar dinheiro para a manutenção de um hospital local é o mote para o espetáculo bilingue que estará em exibição entre 21 e 23 de outubro no Auditório do Centro de Congressos do Casino da Madeira.

No texto, escrito por Eduardo Gaspar, a história é transposta para a Ilha da Madeira, onde um grupo de mulheres inglesas, residentes no arquipélago, decide angariar fundos para uma associação de apoio aos doentes de cancro, após a morte de uma delas.

O espectáculo será representado nos idiomas Português/Inglês, por ser esta uma característica bastante comum dos habitantes da Ilha da Madeira. A comunidade inglesa é numerosa e não é invulgar que os dois idiomas estejam presentes na comunidade e no seio de várias famílias. Algumas personagens falarão em Português e outras em Inglês, com tradução simultânea projectada em ecrãs distribuídos pelo cenário. O elenco é composto por 20 atores e as “mulheres do calendário” são representadas por actrizes, de uma faixa etária que vai dos 16 aos 80 anos.

A representação será o foco central da montagem. A iluminação, o cenário, os figurinos, a música, as projeções em vídeo, serão coadjuvantes das atores e do texto. A representação estará sempre em primeiro plano, com a valorização da palavra, do silêncio, do gestual.

Curioso?

Pretende-se, assim, criar um cenário minimalista e sem nenhum realismo.

Salientar que o espectáculo terá uma duração prevista de uma hora e quarenta e cinco minutos. A exemplo da história contada no espectáculo, será criado e impresso um calendário com fotografias das actrizes para ser vendido ao público, e todo o dinheiro arrecadado, será destinado à instituição de solidariedade “Garota do Calhau”.