Selecionadas 75 propostas artísticas para programação da candidatura do Funchal a capital Europeia

Já são conhecidas as classificações das 139 propostas apresentadas à chamada a apresentação de índole artística e/ou cultural no âmbito da candidatura da cidade do Funchal a Capital Europeia da Cultura em 2027. A lista foi disponibilizada no passado dia 10 de setembro no website da candidatura.

A coordenação da ‘open call’ destaca a maior participação de sempre em concursos realizados na Região, bem como o grande alcance geográfico – um total de 87 parceiros internacionais distribuídos por cerca de 20 países e líderes de projetos oriundos de outros 5 países, além de Portugal – e a diversidade de entidades participantes, entre as quais se contam entidades do sector social, associações culturais e académicas, bem como grupos informais e artistas em nome individual. Os critérios mais valorizados prenderam-se com a dimensão europeia das propostas, nomeadamente em termos de capacidade de circulação e estabelecimento de parcerias, havendo-se registado uma forte afluência de projetos vocacionados para a realização de eventos, investigação e disseminação do Património Cultural local e europeu e para a formação e desenvolvimento de públicos.

Com avaliação a cargo de uma equipa multidisciplinar constituída por artistas, curadores e agentes culturais, é de notar que das 139 propostas apresentadas, foram selecionadas 75 – o correspondente a 54% do total de projetos, e que se encontram na linha da frente para integrar a programação artística e cultural da candidatura Funchal CEC2027, "o que se apresenta como motivo de grande entusiasmo por parte da equipa de missão do Funchal2027, havendo sido largamente ultrapassados os objetivos gerais de envolvimento e diálogo com o sector cultural e criativo regional", refere a candidatura em nota de imprensa.

A candidatura do Funchal a Capital Europeia da Cultura em 2027 pretende representar todas as regiões ultraperiféricas, promovendo o legado de uma cidade de encontros e modelo de diversidade cultural na sua natural condição descentralizada. “Além do mapa, uma cidade de encontros”, o lema do Funchal 2027, ergue o ideal da diversidade que carateriza a Europa, cujo esplendor também acontece nas regiões ultraperiféricas. Ao título de Capital Europeia da Cultura para o ano de 2027, concorrem outras dez cidades portuguesas, a saber: Ponta Delgada, Faro, Évora, Oeiras, Leiria, Coimbra, Aveiro, Braga, Viana do Castelo e Guarda. À fase de pré-seleção, a ocorrer em março de 2022, deverão ser selecionadas três idades, havendo lugar à decisão final em 2023.