Cultura

“É preciso ouvir o que está menos bem"

De visita à praça do peixe, no Mercado dos Lavradores, o secretário regional de Mar e Pescas disse ontem que “faz parte das tarefas de quem governa saber ouvir críticas e reclamações de quem está na atividade e não ouvir apenas as coisas boas”.

Conteúdo disponível somente para utilizadores com subscrição online.
Faça a sua assinatura digital!
Tenha acesso na íntegra às notícias da edição impressa do dia, bem como de todo o arquivo disponível no site. Usufrua da visualização página-a-página. Consulte o seu JM na internet com o mesmo conforto do formato papel tradicional.