Docentes da Faculdade de Artes e Humanidades da UMa publicam novo livro

Os docentes do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira (FAH-UMa), Ana Isabel Moniz, Joaquim Pinheiro, Leonor Martins Coelho, Alcina Sousa e Cristina Santos Pinheiro, acabam de publicar o livro Viagem e Cosmopolitismo: da Ilha ao Mundo.

De acordo com comunicado da UMa, ao longo das mais de 500 páginas deste volume, "os coordenadores propõem-se contribuir para o estudo das relações inter e transculturais dos diversos saberes, que atualmente se têm destacado, impondo-se à exploração do conhecimento no âmbito das Humanidades e de outras áreas afins".

A obra reúne 33 estudos que, "com olhares diversos, mas complementares, interpretam os sentidos da condição humana, na sua relação com o espaço, o tempo, o Outro ou o próprio Eu, enfatizando e problematizando a realidade cosmopolita, que surge, de forma tão evidente, plasmada na produção literária e cultural", acrescenta.

Numa perspetiva transversal, os estudos analisam espaços geográficos e períodos históricos diversos, da Antiguidade Clássica aos nossos dias, aprofundando a reflexão e o debate sobre o tema da Viagem e do Cosmopolitismo, por meio de vários temas, tais como os da Viagem e a Utopia, do Cosmopolitismo e das Periferias, das Mobilidades, geradoras de Diálogos, Identidades e Conflitos, da pluralidade do Património ou da Desterritorialização e do Exílio.

Lançada pela Editora Edições Humus, Lda e Autores, 2021, Viagem e Cosmopolitismo: da Ilha ao Mundo tem prefácio assinado por Galin Tihanov, docente de Literatura Comparada na Queen Mary University, em Londres.

A mesma nota refere que esta publicação foi financiada por fundos nacionais, através da FCTFundação para a Ciência e a Tecnologia, no âmbito do projeto UIDB/00509/2020, e contou com o apoio da Universidade da Madeira e do Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa