Recital "Palavras da Terra Longe" apresentado na próxima segunda-feira

O recital de poesia e música "Palavras da Terra Longe", realizado por Olinda Beja e Tonecas Prazeres, com o apoio da Câmara Municipal do Funchal, será apresentado na segunda-feira, dia 12 de abril, pelas 19 horas.

Segundo Olinda Beja, "Palavras da Terra Longe é a voz do País do Tchiloli, numa miscelânea de poemas e canções, que espelham o exotismo e a História dessa terra que o Equador atravessa e onde os aromas do cacau e do café inebriam os corações!"

Olinda Beja, escritora lusófona, chegou a Portugal com cerca de 3 anos de idade, estudou e obteve o Diploma Superior dos Altos Estudos Franceses da Alliance Française e, mais tarde, concluiu a licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, pela Universidade do Porto e o curso de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, pela Universidade Aberta.

Na Suíça, onde viveu e lecionou, realizou vários cursos inerentes à sua atividade profissional e literária.

Já Tonecas Prazeres, natural da Ilha do Príncipe, é cantor, compositor, intérprete e guitarrista. Oriundo de uma família onde a música se fez sempre presente, aos 16 anos iniciou a sua carreira musical cantando e tocando guitarra no grupo de jovens "Canucos das Ilhas Verdes", com Kalú Mendes e Vizinho, sob a orientação do maestro Felício Mendes.

Em 1984, inicia os seus estudos em Engenharia Civil no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, curso que não chegou a concluir, pois a música falou mais alto. Assumiu em 1990 a sua carreira a solo, com a participação num grande concerto na Aula Magna, ao lado de Rui Veloso e Mariza, com o Projeto "Dêxa".

Teve várias participações em projetos musicais com vários artistas da lusofonia e tem representado o seu país em vários concertos em Portugal e no estrangeiro.