Viagem virtual ao património da Jaime Moniz

A Escola Secundária Jaime Moniz, através do Núcleo Museológico, tem patente uma exposição temporária, intitulada ‘O ensino da Botânica no Ensino Liceal durante o século XX’, constituída a partir do acervo patrimonial da instituição.

Esta mostra, que pode ser visitada virtualmente através do link https://www.youtube.com/watch?v=_TOTcJSfQbs, teve como objetivos divulgar os materiais de valor museológico, sensibilizar para a importância do conhecimento científico e assinalar o ano Internacional da Sanidade Vegetal, declarado pela ONU para o ano 2020.

Com a reforma de Jaime Moniz, em 1895, foi implementada a disciplina de Ciências Naturais que até 1975 incluía o estudo da botânica. Nas aulas, eram utilizados exemplares in vivo, provenientes do horto botânico existente no Liceu e saídas de campo. Era promovido o estudo da morfologia e anatomia das plantas à vista desarmada, assim como a observação microscópica, estando expostos os aparelhos mais antigos do início do século XX.

Esta colheita de exemplares destinava-se também à aprendizagem da técnica de herbário e à identificação de plantas até à família, como mostra o exemplar datado de 1921. Na falta de exemplares vivos, recorriam a mapas parietais, com ilustrações científicas de enorme qualidade, que revelam a variedade de países de proveniência e de técnicas de preparação dos mesmos.

Também, como forma de estudar plantas de difícil obtenção, recorriam à observação de modelos, como os produzidos por Brendel, desde o final do século XIX, e que reproduziam com exatidão não só as morfologias, mas também a cor e textura de estruturas das plantas, como mostram os vários modelos expostos.

A coleção de fósseis de plantas e carvões, apresentados na exposição, permitia ter uma perspetiva das plantas do passado e da sua evolução. Fazem ainda parte desta mostra de materiais usados para o ensino da botânica no ensino liceal uma variedade de livros, tanto os manuais usados pelos alunos como livros utilizados pelos professores para garantir a correção científica dos conhecimentos botânicos abordados.

Neste sentido, a Escola Secundária Jaime Moniz proporciona a todos os interessados uma viagem virtual ao património histórico da instituição.