Semana de Literatura na Praça do Município arranca hoje com 18 livreiros e alfarrabistas

Encetou esta tarde, na Praça do Município, o evento ‘Direitos e Livros’, um género de Feira do Livro do Funchal, que juntará ao longo dos próximos dias 18 livreiros e alfarrabistas, num investimento da Câmara Municipal do Funchal (CMF) que ronda os 50 mil euros. O espaço está aberto até 20 de novembro, das 10h00 às 19h00.

A iniciativa cultural que surge com o intuito de promover a literatura na cidade e, em simultâneo, apoiar os livreiros, editores e alfarrábios do concelho, tem este ano como foco o público infantojuvenil.

Num ano atípico, Miguel Silva Gouveia, presidente da Câmara Municipal do Funchal, explicou aquando da inauguração do evento, que a CMF tem procurado “adaptar a sua programação cultural” ao atual contexto de pandemia da covid-19.

Nesse sentido, esta aposta camarária acontece em dois pavilhões distintos, mediante uma lotação máxima de 50 pessoas, medição de temperatura e desinfeção das mãos à entrada do recinto.

“Durante o certame, para além do espaço para compra de livros, decorrerá no outro pavilhão várias apresentações e lançamentos de livros, sendo que seis deles foram editados ou apoiados pela Câmara Municipal do Funchal”, explicou o edil.