O Porto Moniz tem Futuro!

Iniciei a minha já longa caminhada política em 1993 e decorridas quase três décadas sinto que o esforço acabou por ser compensado pelo reconhecimento da população. Sinto também que esse reconhecimento acabou por ser fruto da minha persistência e do meu querer.

Como se costuma dizer, presunção e água benta cada um toma a que quer, mas não tenho dúvidas que poucos persistiriam tanto tempo. Poucos fariam 20 anos de trabalho na oposição com respeito pela população, apresentando propostas e ouvindo as preocupações e anseios.

A caminhada foi árdua. Não nos esqueçamos que se hoje ainda não é fácil lutar contra a “máquina laranja”, tempos houve em que tal atitude era encarada como total afronta e desrespeito. Nada me demoveu pois nunca me verguei a pressões ou ameaças, se bem que tal tenha tido custos no meu percurso pessoal e profissional.

Nunca tive dúvidas de que estava no caminho certo, mas apenas em 2013 percebi que o meu querer estava finalmente em consonância com o querer da maioria da população do Porto Moniz. Retribuí com trabalho e humildade e mesmo estando no exercício do meu terceiro e último mandato continuo com o mesmo empenho e a mesma vontade de fazer mais, diferente e melhor.

Nada deixa um político mais satisfeito do que sentir que a população reconhece o trabalho feito e perceber que as medidas tomadas são replicadas por outras autarquias e até pelo Governo Regional. Não tenho dúvidas que o trabalho das autarquias fora do reduto alaranjado contribuiu em muito para que o PSD-Madeira redirecionasse o seu foco e a sua estratégia política mas, ainda que a “corrida atrás do prejuízo” seja óbvia, não nos esqueçamos que são distintas as intenções de quem deu o ponto de partida das de quem teve que se render às evidências.

Trabalho e dedico-me hoje como o fiz no meu primeiro mandato, no primeiro mês, no primeiro dia mas, neste momento, naturalmente, não posso deixar de perspetivar o Futuro do Porto Moniz, não tendo qualquer dúvida de que esse Futuro deverá fazer-se com um executivo socialista que garanta a continuidade do trabalho que temos vindo a desenvolver neste concelho.

É com satisfação e entusiasmo que encaro o facto do Olavo Câmara lançar-se ao desafio de chamar a si a responsabilidade de gerir e dinamizar a concelhia do PS Porto Moniz. Não por ser quem é, mas por ser como é: um jovem dinâmico, mobilizador e competente. É isso que precisamos, no Futuro, no concelho do Porto Moniz e da Região Autónoma da Madeira: dinamismo, mobilização e competência.

Quem trabalha com seriedade não teme a geração vindoura. Quem trabalha com humildade escuta os jovens, inspira-se na sua irreverência e ajuda-os a se prepararem para abraçarem os desafios futuros, dando-lhes espaço no Presente.

Acredito que o Porto Moniz tem Futuro e que esse Futuro se fará com o Olavo Câmara, mas também com muitos outros quadros do Partido Socialista e com a população. A população que vivencia e conhece os problemas reais, que não se refugia em redomas e que não trabalha para os flashes e para as parangonas.

O Futuro faz-se do Passado e do Presente e todos podem e devem dar o seu contributo para isso. Sem protagonismo, mas com muito trabalho; Sem vaidade, mas com muita responsabilidade.

Nada nem ninguém nos demove de contribuirmos para um Futuro promissor para o Porto Moniz. Nada nem ninguém nos demove de contribuirmos para um Futuro promissor para a Madeira e para o Porto Santo.

O Futuro começa Hoje. Ao trabalho!