Porquê Funchal Sempre à Frente?

Olá Pedro Calado, estás bem?

- Olá, sim tudo bem, obrigado. Faz tempo que não te vejo!

- Sim, já há algum tempo! Por acaso Pedro...até queria falar contigo sobre uns assuntos que me estão a fazer alguma confusão...

- Então, em que posso ajudar?

- Explica-me lá Pedro...porque sais de Vice-Presidente do Governo para te candidatares à Câmara Municipal do Funchal?! Tens a noção de que ninguém faria o que tu fizeste.

- Meu caro, conheces-me bem e sabes que estou sempre pronto a ajudar.

- Sim Pedro, conheço-te desde pequeno, é um facto. Mas no Governo estavas a fazer um excelente trabalho e deixas assim a tua zona de conforto? Não faz sentido.

- Vamos tomar um café que explico melhor.

- Ok vamos lá!

- Bem, conforme dizias, eu estava no Governo a trabalhar como Vice-Presidente. Quem me conhece sabe que dou tudo por onde passo, foi assim quando estive na CMF e foi também assim nas empresas privadas por onde passei e na Vice-Presidência.

A verdade é que não podia virar as costas a um desafio tão interessante, lançado pelo meu Partido. Não foi uma decisão fácil, foi uma decisão muito bem pensada e ponderada, a todos os níveis.

De forma sucinta, digo-te que as medidas apresentadas pela nossa candidatura 'Funchal Sempre à Frente' devolve a esperança que falta aos Funchalenses assente num novo desenvolvimento económico, social e ambiental.

A área social é uma das prioridades.  Temos o compromisso de manter e reforçar os apoios sociais para as famílias com baixos rendimentos, ajudar no pagamento das creches, garantir apoio nos manuais escolares e na aquisição de computadores, refeições e transportes gratuitos.

Aos idosos, queremos garantir acompanhamento ao domicilio, ajuda na compra dos medicamentos e transportes gratuitos.

Em termos de saúde, nenhuma família ficará de fora do sistema regional. A coligação PSD/CDS vai implementar uma medida inovadora e com grande impacto social assegurando teleconsultas médicas a todos os munícipes, em medicina geral e pediatria.

Alargar o serviço dos CTT a todas as casas do Povo e Juntas de freguesia do Funchal é outra medida muito útil a implementar para a população do Funchal. Os CTT vão voltar a assegurar o pagamento dos vales das pensões e reformas, a nossa candidatura já fechou o acordo com a administração.

O apoio à habitação e à reabilitação urbana são outras apostas da candidatura. Queremos mais habitação a custos controlados e processos de habitação com legalização simplificada, isenção do IMI (5 anos) para prédios reabilitados.

Relativamente à juventude, aposto em políticas integradas para a juventude e para os idosos e destaco as cooperativas de habitação para jovens. O objetivo é atrair a juventude para viver no centro do Funchal.

A habitação social é um dos graves problemas da cidade. Estão em lista de espera para habitação 4 mil pessoas. A Madeira vai receber do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)136 milhões de euros para a habitação social.

O projeto "Funchal Sempre à Frente” vai criar, também, um departamento dedicado aos incentivos e projetos de apoio e estímulo ao empreendedorismo. A avaliação de projetos urbanísticos será feita em 5 dias úteis, porque o Funchal não se compadece com atrasos. Há que agilizar procedimentos.

Também temos um projeto de apoio aos comerciantes. Mais alivio fiscal, através da redução das taxas municipais, eliminação da derrama e aumento da devolução do IRS aos munícipes.

A segurança e a limpeza na baixa do Funchal são também um dos compromissos assumidos e inclui a intervenção da autarquia, em articulação com outras entidades, na reversão do aumento das pessoas com problemas de alcoolismo e toxicodependência, tratando e procurando a sua integração na sociedade, em contexto de trabalho.

No ambiente e salubridade, apresentamos um plano para acabar com os esgotos a céu aberto.

A requalificação dos Jardins do Almirante Reis e criação de equipamentos públicos para a pratica desportiva, a requalificação da Quinta Deão e a melhoria da circulação automóvel, através da construção de uma rotunda, são alguns dos compromissos que assumimos.

Digo-te, por mim, que vamos também agilizar o Plano de Pormenor da Praia Formosa garantindo os interesses dos privados, bem como da população que continuará a ter acesso à praia.

- Meu caro tanto objetivo.

- Mas não ficamos por aí.

Na defesa da causa animal, vamos viabilizar a construção de um crematório para animais, lançar um programa de vacinação e esterilização para cães e gatos através de protocolos com as juntas de freguesia.

- Bem Pedro, mas que bom projeto!

- Foi para pôr o Funchal Sempre à Frente. E há muito mais.

- Agora percebi! Obrigado amigo e até a próxima!

- Fica bem e vota em consciência.