“Vá para fora, cá dentro!”

Nunca como agora, ouvi tanta alma dizer que vai fazer férias “cá dentro!”.

É positivo para economia local e regional, disso não resta qualquer sombra de dúvida, mas, na minha modesta opinião, foi preciso esta pandemia (que está muito longe de terminar) para muitos darem valor às nossas maravilhas internas! O facto é que na nossa bela ilha, há muitos encantos a descobrir, e eu não seria justa comigo mesma se não aproveitasse este espaço de opinião para elogiar, divulgar e passar a publicidade do belo destino que é a costa norte da Madeira! Desde Santana (reserva mundial da Biosfera), passando por São Vicente e chegando ao Porto Moniz, por entre estradas que atravessam o nosso ex-libris natural maior que é a Floresta Laurissilva, muito há para apreciar, para comer e para visitar, bem como locais maravilhosos para pernoitar, com as mais variadas ofertas, ao dispôr das famílias madeirenses! Mais do que nunca, têm de ser os residentes a puxar pelo nosso turismo, cada um à sua maneira, conforme as suas possibilidades, mas ajudando a economia local. Muitos poderão dizer que as restrições e recomendações em matéria de saúde mais recentes são inimigas da retoma do sector do turismo, mas sugiro que pensemos todos neste assunto de uma forma séria, objetiva e verdadeiramente responsável: sem saúde na comunidade, não há retoma económica

Vivemos em democracia, e quando assim é, podemos desfrutar da vida em liberdade, mas também aprendi que a minha liberdade acaba quando começa a liberdade do outro! Neste sentido, é muito importante, que cada um de nós pense que uma atitude cívica e de respeito pela liberdade coletiva nos dias que correm é o uso da máscara; o uso da máscara é sem dúvida, na minha opinião, um sinal evidente de respeito pela nossa saúde, mas sobretudo pela saúde das nossas famílias e da nossa comunidade! Há muitas opiniões relativamente a este assunto, prós e contras, muito debate em praça pública e nas redes sociais, mas temos todos de admitir que decidir é difícil, e em tempos de crise, tomar decisões torna-se ainda mais difícil! Enquanto profissional de saúde, mas também enquanto eleita na casa maior da democracia, ficaria muito triste, se devido aos extremismos de alguns, as medidas de confinamento tivessem que voltar! Olhemos para o exemplo da Bélgica, onde as medidas de confinamento estão a regressar devido à elevada taxa de contágio do vírus, ou na Alemanha, que devido ao “descuido” de muitos em comemorações coletivas também fez aumentar os casos de infeção por COVID19; ou então, olhemos simplesmente para o continente americano, quer a norte, quer a sul (qual Trump ou Bolsonaro) onde todos os dias somos confrontados com números assustadores! Digo isto não para ser alarmista, mas para alertar e consciencializar que os nossos comportamentos, que as nossas atitudes contam mais do que nunca!

Posto isto, neste atípico ano de 2020, faço um apelo: façam férias cá dentro e usem máscara! Seja a sul ou a norte, na ilha da Madeira ou no Porto Santo, que se consuma o que é nosso! Sejamos todos agentes catalisadores da nossa economia local, pois ela é uma força motriz fundamental para a vida de muitos milhares de famílias! Que se frequentem os espaços com responsabilidade e sentido cívico! Seja na praia ou no campo, no restaurante ou nas nossas casas em família, nos convívios com amigos, tenhamos todos a noção clara da situação delicada em que vivemos, e sejamos conscientes da importância do nosso comportamento! A vida não pára, mas pode ficar suspensa se formos contagiados com COVID 19!

Pensem nisto, e um bom mês de Agosto para todos!