Sabe quem é Pedro Marques? Eu lembro-lhe

Se nunca ouviu falar de Pedro Marques fique a saber que amanhã vem passear à Madeira, para pedir o seu voto!

Este senhor foi ministro do Governo da esquerda em Portugal, até ao dia 18 de fevereiro. Apoiado pelos comunistas e pelo Bloco de Esquerda foi um governante que os Madeirenses não devem esquecer.

Se não acredita, veja porquê.

Pedro Marques enquanto ministro do Planeamento e das Infraestruturas foi aquele que sempre empurrou com a barriga uma solução para a revisão do subsídio de mobilidade, nas ligações Madeira Continente.

Este antigo ministro, que agora concorre ao Parlamento Europeu pelo PS, foi aquele que sempre ignorou a proposta feita tantas vezes pela Madeira, de ser encontrada uma solução para os que aqui vivem não terem de adiantar 500, 600, 800 ou até mais euros. Famílias que têm filhos a estudar fora e que se viram privadas, tantas e tantas vezes, de os ver no Natal ou na Páscoa, porque não possuíam esse dinheiro para adiantar.

Pedro Marques é a pessoa que, enquanto ministro ignorou essa realidade dos Madeirenses, fez de conta que não era nada com ele e ainda se deu ao desplante de fazer comentários de desprezo para a situação.

Pedro Marques é aquele que, enquanto Ministro nada fez para acelerar um processo fundamental para a nossa vida, que se prende com a avaliação dos limites de vento no aeroporto Cristiano Ronaldo. Não era um problema do continente, era coisa dos que vivem na Madeira, deixa andar!

Pedro Marques é aquele que enquanto ministro andou a fazer campanha à sua pessoa de forma encapotada, com reuniões e encontros por todo o país, a apresentar e a ouvir propostas para o Plano Nacional de Investimentos 2020 – 2030.

Por todo o país é como quem diz. No continente.

Porque na Madeira, como somos um Portugal de segunda para este ex-ministro, não fez qualquer encontro.

Pior, não encontrou nenhum projeto que fosse importante até 2030, para ser feito abarcando a Madeira. A Região apresentou 6 propostas concretas. Ele riscou, amarrotou e deitou no lixo!

É este senhor que amanhã vem aqui pedir o seu voto, para que ele em Bruxelas possa “defender” a Madeira.

Acredita nisso, não acredita?

Não nos tomem por tontos!