Caricaturas de Amália assinalam centenário no Aeroporto do Porto

Até 15 de julho ainda podem ser apreciadas as caricaturas sobre Amália Rodrigues estão patentes Aeroporto Francisco Sá Carneiro, assinalando o centenário da diva do fado. Integrada no PortoCaroon-World Festival, a exposição mostra mais de 30 caricaturas de Amália vindas de vários cantos do mundo.

A mostra tem estado patente desde janeiro, mas esteve fechada durante o tempo de confinamento. Em plenas celebrações do centenário de Amália, esta exposição constitui uma forma de homenagear a fadista que muito contribuiu para a escolha do fado como Património Imaterial da Humanidade (UNESCO, 2011). Foi neste contexto que o Museu Nacional da Imprensa, através do PortoCartoon e em colaboração com a ANA-Aeroportos de Portugal, decidiu destacar a efeméride com o humor mundial.

Os desenhos fazem parte do Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon-World Festival, iniciativa que tem homenageado figuras nacionais e estrangeiras, como Mandela, Chaplin, Picasso, Bob Dylan, Woody Allen, Saramago, Manoel de Oliveira, Siza Vieira, Cristiano Ronaldo e Fernão de Magalhães, entre outras.

Amália Rodrigues atraiu o humor de cartunistas de vários países, como Argentina, Brasil, China, Colômbia, Cuba, Egipto, Espanha, Finlândia Índia, Irão, Itália, México, Perú, Polónia, Portugal, Roménia e Turquia. Por decisão do Júri internacional, o primeiro prémio foi conquistado pelo artista português António Santos-Santiagu, o segundo por Matias Montedoro (Espanha) e o terceiro por Aurélio Mesquita (Portugal).

A exposição tem a curadoria do diretor do Museu, Luiz Humberto Marcos, e releva características singulares da fadista.