Aluna positiva à Covid-19 deixa 40 alunos do Politécnico de Paredes em quarentena

Uma estudante francesa que frequenta a Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), em Paredes, testou positivo à Covid-19, num segundo teste. De acordo com a instituição, a aluna não chegou a entrar nas instalações, mas as quatro dezenas de colegas foram colocados em quarentena.

O coordenador do Gabinete de Marketing e Relações Públicas da CESPU, Miguel Martins, explicou à agência Lusa que todos os colegas que com ela contactaram estão assintomáticos, mas serão submetidos a teste na quinta-feira, prevendo-se que os resultados sejam conhecidos na sexta-feira ou no início da próxima semana. “Até lá ficam em isolamento profilático”, acrescentou.

Os alunos frequentam o curso de Fisioterapia da Escola Superior do Vale do Sousa, um dos estabelecimentos de ensino tutelados pela CESPU.