Testemunha afirma ter visto Maddie três semanas após desaparecimento

Uma testemunha afirmou ter visto Madeleine McCann a entrar numa carrinha de matrícula alemã com um homem poucas semanas após ter desaparecido da Praia da Luz, no Algarve.

Revela o Daily Mail que a informação contida num arquivo policial detalha como a testemunha viu Maddie a sair de um restaurante na cidade costeira espanhola de Alcossebre antes de entrar na carrinha de um homem.

De acordo com o mesmo relato, a pequena Maddie terá sido vista às 11h00 do dia 28 de maio de 2007, três semanas depois de desaparecer.

Na altura, o detetive da polícia de Leicestershire, John Hughes, emitiu um alerta internacional da Interpol com um aviso de "risco de morte de pessoa desaparecida", exigindo que a polícia espanhola e alemã investigassem o caso, adianta a mesma fonte, tendo sido também solicitado à polícia espanhola que analisasse o local através das câmaras de vigilância e dos relatos das testemunhas, a fim de descobrir pormenores sobre o proprietário da viatura.

"Uma pessoa que ligou relatou um possível avistamento de Madeleine McCann, 11h, 28 de maio de 2007", informava o relatório policial sobre o possível avistamento da criança.

Recorde-se que o alemão Christian Brueckner foi identificado na semana passada como um dos principais suspeitos de ter raptado a menina de três anos em 2007.

Os investigadores britânicos acreditam que o homem morava na carrinha Volkswagen na altura em que Madeleine desapareceu.