PJ participa em fase final de operação internacional de combate ao tráfico de estupefacientes

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, colaborou, nos últimos dias, no Montenegro, na fase final de uma complexa operação policial internacional na sequência da qual foi possível desmantelar uma poderosa organização criminosa, constituída maioritariamente por indivíduos originários de países da região dos Balcãs, que se dedicava à introdução, no continente europeu, de grandes quantidades de cocaína transportada por via marítima a partir da América Central.

No decurso da fase final desta operação, que decorreu em simultâneo no Montenegro, na Sérvia e na Croácia, foram detidos oito indivíduos, entre eles um homem que, ao que tudo indica, será o líder da organização criminosa agora desmantelada.

A investigação no âmbito da qual se enquadrou esta operação iniciou-se em 2017 no Montenegro e na sequência da mesma, a Polícia Judiciária, no final do mês de agosto de 2018, em coordenação e com o apoio das autoridades da Áustria, Croácia, França, Sérvia e Eslovénia e do Maritime Analisys and Operations Centre - Narcotics, desencadeara já uma outra operação que contou também com o apoio da Marinha e da Força Aérea e que levou à localização e posterior apreensão, no Arquipélago dos Açores, de uma embarcação do tipo veleiro que transportava 840 kg de cocaína.

Naquela ocasião procedeu-se à detenção dos tripulantes, dois homens e duas mulheres de nacionalidades montenegrina, sérvia e bósnia, tendo sido recolhidos relevantes elementos probatórios que contribuíram para a identificação e responsabilização de importantes membros da organização criminosa agora desmantelada.

As investigações também contaram com o apoio da Europol.