Mãe que abandonou o filho com um mês de vida condenada a 3 anos de prisão

A mulher, de 29 anos, que abandonou o filho, com apenas um mês de vida, no Porto, em 2018, foi há instantes condenada a três anos de prisão.

Contudo, poderá cumprir a pena em regime de permanência na habitação, com pulseira eletrónica, conforme avança uma notícia do ‘JN’.

A mãe foi condenada pelo Tribunal do Porto, pelo crime de violência doméstica e terá que pagar uma indemnização de vinte mil euros à criança.

Recorde-se que o caso aconteceu em 2018, quando a mulher deixou diversas vezes a criança sozinha em casa, queixando-se que esta chorava continuamente. A situação terá provocado graves mazelas cerebrais ao bebé, que atualmente ainda continua com sérios riscos de vida devido às sequelas.

A criança acabou por ser entregue a uma família de acolhimento.