Homem detido por abusos sexuais agravados nos Açores

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, identificou e deteve um indivíduo do sexo masculino, pela presumível prática de diversos crimes de abuso sexual de crianças, vitimando uma menor, sua enteada.

Os atos sexuais de relevo começaram quando a vítima tinha 9 anos e prolongaram-se até aos 13 anos de idade, aproveitando-se o agressor da coabitação para sujeitá-la às referidas práticas.

Os factos ocorreram no Grupo Central do Arquipélago dos Açores.

O detido, de 36 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.