CDS/Congresso: Lobo d'Ávila "muito confiante" quer "recuperar credibilidade" do partido

O candidato à liderança do CDS-PP Filipe Lobo d`Ávila manifestou-se hoje confiante, à chegada ao 28.º congresso do partido, advertindo que quem vai escolher o presidente são os congressistas e quem quiser "fazer contas muito certas" pode enganar-se.

“Quem escolhe o presidente são os congressistas, (…) quem quiser fazer contas muito certas pode estar enganado”, disse Lobo d`Ávila, manifestando-se “muito confiante”, à chegada ao Parque de Exposições de Aveiro, onde se realiza o 28.º Congresso do partido.

Admitindo que “há vários cenários em cima da mesa” quanto à próxima liderança do CDS-PP e quanto ao futuro do partido, Lobo d`Ávila apelou para que os trabalhos decorram num tom “construtivo e positivo”.

“O grande desafio é recuperar a credibilidade do partido”, disse, defendendo que “é importante dar um sinal de maturidade”.

Instado a identificar qual dos adversários considera mais “forte”, Lobo d`Ávila respondeu que espera “contar com eles no domingo quando for eleito presidente”.

“O CDS está a fazer esse diagnóstico, tem de continuar a fazer esse diagnóstico. Não podemos repetir os erros do passado”, disse.