PJ deteve dois incendiários em São Miguel

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, identificou e deteve dois homens, fortemente indiciados pela presumível prática do crime de incêndio.

Os factos ocorreram há dois dias, no concelho de Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel, numa casa de veraneio, situada no sítio de Rocha da Relva.

Atuaram os detidos com o propósito de destruição de eventuais vestígios da prática do prévio crime de furto, utilizando como fonte de ignição um isqueiro, com o qual atearam o fogo na roupa da cama do quarto, propagando-se depois as chamas para toda a estrutura.

As caraterísticas da via de acesso ao local impediram a intervenção dos Bombeiros, tendo o incêndio sido combatido pelas pessoas que estavam em moradias adjacentes, impedindo deste modo a propagação do sinistro.

Os detidos, irmãos, com 38 e 29 anos de idade, sem ocupação laboral, foram presentes às competentes autoridades judiciárias, com vista à aplicação das medidas coativas tidas por mais adequadas.