Tap com prejuízo de 111 milhões até setembro

A TAP encerrou os nove primeiros meses do ano com prejuízos. Estes ascenderam a 111 milhões, com a companhia aérea liderada por Antonoaldo Neves a justificar esse desempenho com “variações cambiais”.

Já as receitas consolidadas do Grupo Tap, no terceiro trimestre de 2019, ascenderam a 1.052 milhões de euros, equivalente a um aumento de 6,1% face ao período homólogo.