Iniciados trabalhos de resgate de manobrador de máquina que caiu em pedreira em Vila Viçosa

LUSA

Bombeiros mergulhadores iniciaram hoje à tarde os trabalhos para resgatar o manobrador da máquina de transporte de pedras que caiu horas antes numa pedreira cheia de água, em Vila Viçosa (Évora), disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

De acordo com a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, os trabalhos de resgate envolvem operacionais da Força Especial de Bombeiros (FEB) e da corporação de Reguengos de Monsaraz.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos bombeiros de Vila Viçosa, Nuno Pinheiro, relatou que o acidente ocorreu quando se procediam a trabalhos para "entulhar" e fechar a pedreira, desativada e localizada junto a uma estrada.

Segundo o mesmo responsável, a máquina, tipo "dumper' e com carga na traseira, estava a fazer a manobra de descarga de pedra quando caiu para o interior da pedreira, cheia de água, de uma altura de "cerca de 30 metros".

O manobrador da máquina, que alegadamente está desaparecido, é um homem de 51 anos, residente no concelho vizinho de Borba, indicou Nuno Pinheiro.

As operações de socorro mobilizavam, cerca das 15:00, duas dezenas de operacionais, com o apoio 11 veículos, segundo o CDOS de Évora.