Organização antirracista sai à rua em defesa de Joacine

A organização ‘Resistimos’ agendou uma manifestação antirracista e de solidariedade com Joacine Katar Moreira, em frente à Assembleia da República.

Escreve o jornal SOL que o grupo organizou a manifestação devido ‘aos ataques e perseguições racistas remetidas à recém-eleita deputada’, que estão, segundo o ‘Resistimos’, relacionados com ‘a entrada da extrema-direita no parlamento’.

A organização lamenta a entrada de André Ventura, líder do Chega, no parlamento. “A perseguição feita à Joacine e a eleição do Ventura é um ataque a todas nós, LGBTs, mulheres, negras, imigrantes, ciganas e precárias e devemos desde já organizar mobilizações para nos defendermos dos retrocessos que podem estar ao virar da esquina”, acrescenta.

A organização alerta ainda para as necessidades de as ‘organizações de esquerda, antirracistas, feministas e LGBTs’ se colocarem ‘à frente desta contestação’.