PJ deteve homem pela autoria de um incêndio florestal em Amarante

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, irá proceder apresentação de um detido à competente autoridade judiciária pela presumível autoria de um incêndio florestal, ocorrido na manhã no dia de ontem, na localidade de Senhora da Corvachã – Bustelo - Amarante.

A GNR de Amarante foi alertada e deslocou-se ao local, tendo avistado o ora detido a tentar extinguir o incêndio com recurso a uma ferramenta manual denominada “batedor”.

Instado sobre a sua presença naquele local, confessou a autoria da ignição, pelo que foi determinada a sua detenção.

O fogo terá sido provocado com recurso a isqueiro, com intencionalidade de queimar mato e aparentemente com vista à limpeza de matos e arbustos em zona de pastagem.

A ignição consumiu uma vasta área de povoamento misto e mato, só não assumindo outras proporções devido à pronta e eficiente intervenção dos Bombeiros de três corporações e um meio aéreo.

O detido, de 51 anos de idade, não tem antecedentes criminais e é agricultor profissão.