Três dos quatro mortos em despiste em Odemira são indianos

Lusa

Três das quatro vítimas mortais do despiste de um veículo ligeiro de passageiros que ocorreu hoje na estrada nacional 120, no concelho de Odemira, são de nacionalidade indiana, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

“Dos quatro mortos, três são de nacionalidade indiana. Tudo indica que a quarta vítima mortal também seja da mesma nacionalidade, mas não tinha identificação e por isso ainda não foi possível confirmar”, disse à Lusa Luís Oliveira, comandante dos bombeiros de Odemira.

Segundo a mesma fonte, os mortos são todos homens, com idades entre os 20 e os 40 anos, com a viatura onde seguiam a despistar-se e embater numa árvore, com as vítimas a ficarem encarceradas na viatura.

Os corpos vão ser transportados para a Medicina Legal do Hospital de Beja.

O alerta para o acidente foi dado às 21:13, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

O despiste ocorreu na estrada nacional 120 em Vale Juncal, freguesia de São Teotónio, concelho de Odemira, com o trânsito a ficar condicionado no local.

Para o local da ocorrência deslocaram-se 23 operacionais, apoiados por oito viaturas, dos bombeiros de Odemira e Aljezur, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Lagos e a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Portimão e a GNR.