Traficantes internacionais detidos na posse de 145 armas em Lisboa

Duas pessoas que se dedicavam à aquisição, transformação e venda ilícita de armas de fogo foram ontem detidas em flagrante delito, em Lisboa.

De acordo com o Correio da Manhã, que cita um comunicado da PSP, a detenção ocorreu na sequência da Operação "FLOBERT".

No referido documento pode ler-se que "esta ação foi o resultado de 12 meses de investigação e visou o cumprimento de 7 mandados de busca e apreensão no distrito de Lisboa".

A intervenção foi promovida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa e foi desenvolvida em coordenação e colaboração com o Departamento de Investigação Criminal e com o Comando Metropolitano de Lisboa, ambos da PSP.

A investigação teve por base o "tráfico internacional, mediação e transformação de armas de fogo, resultado de uma ação complexa de pesquisa, análise e produção de informação policial através dos diferentes mecanismos de partilha de informação, nacionais e internacionais, relacionada com a venda e posse ilícita de armas de fogo em Portugal e Europa", refere ainda o comunicado.

Na sequência desta operação foram detidos os dois indivíduos "que se dedicavam à aquisição, transformação e venda ilícita de armas de fogo, sendo possível apreender 145 armas, centenas de munições, bem como outro material relacionado com esta atividade ilegal".

O comunicado dá conta de que foram apreendidas 67 armas de alarme de diversas marcas e calibres, 22 armas de fogo de diversas marcas e calibres, oito revólveres de diversas marcas e calibres, seis armas de fogo longas, quatro armas de fogo curtas em forma de caneta, 12 silenciadores, cinco aerossóis, uma arma branca de abertura automática, dezenas de carregadores para pistola, numerário em notas do Banco da Ucrânia, centenas de munições de calibre variado e 33 armas de ar comprimido de calibre 4,5mm de vários modelos.

Os dois detidos vão ser hoje presentes a primeiro interrogatório judicial, no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, e irão conhecer as medidas de coação.