Rota Final: Quatro arguidos confirmados

Lusa

A Procuradoria-Geral Distrital (PGD) de Coimbra divulgou hoje que quatro pessoas, entre ex-autarcas, funcionários de autarquias e de uma empresa de transportes, foram constituídas arguidas no âmbito da operação Rota Final.

Em causa está uma operação da Polícia Judiciária (PJ), hoje divulgada, sobre um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública.

A PJ fez buscas em 18 câmaras municipais do Norte e Centro do país, num processo em que a operadora de transportes públicos Transdev também é visada.

“No decurso desta operação, foram, até agora, constituídos quatro arguidos, entre ex-autarcas, funcionários de autarquias e de uma empresa de transportes”, refere a Procuradoria de Coimbra.