António Costa ameaça demitir-se se a lei for aprovada

Patrícia Gaspar

A queda do Executivo obrigaria o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a antecipar eleições.

António Costa e o núcleo duro do Governo estiveram reunidos esta manhã em São Bento para debater a crise política que se instalou depois da aprovação do descongelamento integral do tempo de serviço dos professores na quinta-feira. A medida foi aprovada com os votos a favor de PSD, CDS, Bloco de Esquerda e PCP e vai ter impacto nas contas públicas superior a 600 milhões de euros a partir de 2020, segundo as contas do Governo.

Quando faltam três semanas para as eleições europeias e cinco meses para as legislativas, o hipotético cenário da queda do Governo vem abalando a vida política portuguesa.