Mulher aparece seminua na casa da mãe alegando ter sido violada

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar uma acusação de violação e sequestro, de que uma mulher, de 35 anos, diz ter sido vítima na noite do passado domingo, em Braga.

De acordo com o relato que a mulher fez às autoridades, terá sido abordada por dois homens num carro, por volta das 22h30 de domingo, na zona de Celeirós. A dupla ter-lhe-á oferecido boleia, que ela terá recusado.

Após a recusa, a mulher alega ter sido forçada a entrar no carro, tendo sido depois levada para uma casa abandonada, onde foi amordaçada e forçada a práticas sexuais com os dois homens, de acordo com o Correio da Manhã.

No relato às autoridades, a mulher contou que foi deixada inconsciente no local e que horas depois, já de manhã, caminhou quase despida até casa da mãe.

Acabou por ligar para o 112, após insistência da mãe e de outros familiares. A GNR enviou uma patrulha e passou, posteriormente, a informação à Polícia Judiciária, que está a investigar o caso. Ao final do dia de ontem, a mulher levou as autoridades à casa onde afirma ter sido violada.