Cemitério sem espaço obriga a campas no passeio

O Cemitério Municipal de Vila Verde, no distrito de Braga, chegou à sua capacidade máxima e a ultima campa teve mesmo de ser colocada, na semana passada, num passeio no interior do espaço.

O alerta para o problema foi dado já em abril, segundo o Correio da Manhã, estando a câmara municipal em negociações com os proprietários dos terrenos adjacentes ao cemitério, com vista ao alargamento do terreno.

"A essa campa, damos a mesma dignidade que damos às outras. Por isso mesmo vamos reconfigurar o passeio, que passará a ter uma fileira de sepulturas", disse o vereador Patrício Araújo, admitindo que o cemitério está lotado.

O autarca sublinhou ainda que "existem lugares. Temos gavetões disponíveis, as pessoas é que preferem sepultar em terra. Esta situação é provisória e, até solução definitiva, estas campas vão ter a mesma dignidade que as outras. Agora, vamos maximizar o espaço e dessa maneira dar a resposta necessária à população".

Sobre as negociações com os proprietários vizinhos, Patrício Araújo garantiu que “as obras de alargamento vão ser realizadas assim que sejam concluídas as negociações”.