Funcionário do Pestana CR7 esfaqueado por condutor de tuk-tuk em Lisboa

Um funcionário do hotel Pestana CR7 Lisboa, na Rua do Comércio, em Lisboa, foi esfaqueado na terça-feira à tarde por um condutor de tuk-tuk, depois de uma discussão de trânsito por causa de um lugar de estacionamento. A informação é dada pelo JN, acrescentando que o motorista, de 47 anos, foi detido e a vítima, de 30, estará já fora de perigo.

.A discussão começou pelas 14.15 horas de terça-feira, quando um funcionário da unidade hoteleira ligada ao futebolista Cristiano Ronaldo pediu ao motorista de um tuk-tuk ali parado que se desviasse para poder estacionar o seu carro nos lugares reservados ao hotel - algo que este recusou fazer.

Os dois homens envolveram-se então em agressões, até que, já depois de a polícia ter sido chamada ao local, o condutor terá puxado uma navalha e dado um golpe no pescoço do funcionário do hotel, que, entretanto, fora buscar um pau para bater no motorista, descreveu a mesma fonte ao JN.

O esfaqueamento acabou por ser presenciado pelos agentes da PSP ali presentes, que detiveram imediatamente o homem de 47 anos, enquanto o funcionário do hotel, que estará já fora de perigo, foi transportado para o Hospital de São José em estado "mais ou menos grave". Segundo a mesma fonte, também o alegado agressor foi assistido, mas devido a um golpe no sobrolho decorrente do confronto entre os dois homens.