Empresas de Táxi autorizadas a terem Uber

PS e o PSD deverão avançar com uma proposta para que as plataformas como a Uber paguem uma contribuição de 5% sobre a receita obtida com cada viagem.

A par disso, "as empresas que atualmente operam no setor do Táxi podem simultaneamente serem operadores das plataformas eletrónicas da UBER e da CABIFY", referiu o deputado socialista, João Paulo Correia, à TSF.

"A nossa proposta visa que essas empresas do setor do Táxi que queiram operar neste novo setor não usem os mesmo veículos e também não podem recorrer aos benefícios e às isenções fiscais que usufruem no setor do Táxi e que não se aplicam no setor TVDE", acrescentou o deputado.