PSP apreende várias armas e munições em quatro distritos

O Departamento de Armas e Explosivos da Direção Nacional da PSP, no âmbito das competências em matéria de investigação criminal, apoiado por efetivos do Comando Distrital da PSP de Bragança e Viana do Castelo, realizou, durante o período de 21 de junho e 5 de julho de 2018, uma operação que visava a recolha de prova para o desenvolvimento de um processo-crime relacionado com venda de armas através da internet.

Após o cumprimento de 75 mandados de busca domiciliária e não domiciliária, nos distritos de Lisboa, Setúbal, Viana do Castelo e Bragança, foi possível apreender uma pistola transformada, bem como 14 munições de calibre .25 Auto; 17 bastões extensíveis; 19 aerossóis de defesa; 33 munições de arma de fogo de calibre 12 GA; 18 munições de arma de fogo de calibre .32 Auto expansivo e 10,20 gr de produto estupefaciente.

Neste processo, foi efetuada uma detenção em flagrante delito, bem como constituídos 28 arguidos, ficando sujeitos a termo de identidade e residência.

Esta operação é a terceira fase de diligências processuais inseridas na investigação em curso, tendo sido realizadas, até à data, 127 buscas (domiciliárias e não domiciliárias), abrangendo quase todos os distritos do território nacional, bem como apreendidos 48 bastões extensíveis, 87 aerossóis de defesa, dois bastões, uma soqueira, duas armas de fogo, sendo uma delas transformada, uma caneta-pistola, duas armas brancas, duas matracas, uma arma de ar comprimido, uma reprodução de arma de fogo, mais de 260 munições de armas de fogo de vários calibres e material pirotécnico.