OE2018: Portugal em risco de incumprimento, diz Bruxelas

A Comissão Europeia referiu hoje que o esboço orçamental para 2018 de Portugal "pode resultar num desvio significativo" do ajustamento recomendado. Acrescenta que há "riscos de não cumprimento" dos requisitos do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).

A informação foi referida pela Lusa, que infirma que o executivo comunitário identificou um "risco de não cumprimento" do ajustamento necessário para alcançar o objetivo de médio Prazo, de 0,25% do PIB, "tanto em 2017 como em 2018".

Nesse sentido, Bruxelas afirma que devem ser tomadas medidas necessárias para garantir que o orçamento de 2018 esteja em conformidade com o PEC.

De acordo com os documentos do Semestre Europeu, que foram divulgados hoje em Bruxelas, a par da Bélgica, a Áustria, a Eslovénia e Itália, Portugal está no grupo de países que correm, "risco de não cumprimento".

A Comissão, refere a Lusa, considera ainda que "Portugal fez progressos limitados" no que toca aos principais pontos das recomendações orçamentais. Alerte por isso, que o país faça um "ajustamento maior" no último ano do período de transição (2019).