Polícia Judiciária deteve suspeito de atear fogo florestal em Amarante

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve um homem de 53 anos indiciado pela prática de crime de incêndio florestal, em Gondar, Amarante, anunciou hoje a autoridade.

Segundo a PJ, "o suspeito terá ateado incêndios nos passados dias 6 e 8 de outubro, que só não atingiram maiores proporções dada a pronta intervenção de populares".

O detido, que não tem ocupação laboral, foi presente a interrogatório judicial, ficando sujeito às medidas de coação de tratamento de alcoolismo e de apresentações diárias em posto policial.

Desde o início do ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 115 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.