Cerca de 3.800 bombeiros combatem perto de 50 fogos

O Serviço Nacional de Proteção Civil, no balanço que acaba de fazer, diz que, neste momento, há cerca de 50 fogos ativos, envolvendo um dispositvo de 3.762 bombeiros. No combate aos fogos estão penas dois meios aéros (dos 18 disponiveis), dadas as condições adversas à sua utilização.

Quanto às vítimas mortais, passaram a ser 32 mortos, um dos quais, o mais recente de que as autoridade têm conhecimento, trata-se de uma crianças de Tábua.

Foi também infomado que 39 pessoas foram assistidas por médicos ou paramédicos no teatro de operações, que não necessitou de ir depois a um centro de saúde.

No total, há um registo de 56 feridos, 16 dos quais com gravidade.