29.º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo em Coimbra

A próxima edição do Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, sob o tema “Descobriram Portugal. E Agora?!” e organizada pela AHP – Associação da Hotelaria de Portugal, promove dois dias de reflexão sobre os desafios que o futuro do Turismo apresenta para o País, para os empresários e profissionais do setor, bem como as oportunidades que daí poderão surgir.

No ano em que Portugal é reconhecido como Melhor Destino Europeu e em que a discussão sobre a capacidade de carga dos destinos urbanos está na ordem do dia, a afirmação das regiões como pólos de interesse, independentes ou complementares às grandes cidades e alicerçadas no contexto regional europeu, parece ser uma resposta sustentável e duradoura no sentido de mitigar os impactos trazidos pela condensação dos fluxos turísticos, alimentando e potenciando a capacidade de atração de Portugal.

O Congresso abre, no dia 16 de novembro, com o painel “Turismo e a Europa das Regiões”, moderado por Ricardo Costa, Diretor-geral de Informação do Grupo Impresa. O Keynote Speaker é o Ministro dos Negócios Estrangeiros Português, Augusto Santos Silva, que dará o mote para um debate sobre a construção de um Turismo policêntrico e descentralizado em Portugal e na Europa e que contará com as intervenções da Subsecretária de Estado do Turismo Italiano, Dorina Bianchi; do Diretor Executivo para a Competitividade, Relações Externas e Parcerias da Organização Mundial do Turismo, Márcio Favilla; e da Secretária de Estado do Turismo de Portugal, Ana Mendes Godinho.

António Trindade, CEO do grupo Porto Bay será o moderador do segundo painel “A Condição Periférica de Portugal – Desafios do Transporte Aéreo”, que conta com o Presidente da Comissão Executiva da Ana Aeroportos, Carlos Lacerda, o Vice-Presidente de Marketing e Comunicação da TAP, Abílio Martins; o Diretor-geral da EasyJet, Javier Gandara; e o Diretor-Geral da Melair, Francisco Teixeira. Com efeito, acessibilidades aéreas e marítimas competitivas, assentes em infraestruturas capazes, são fatores chave para a mobilidade inerente a esta nova Europa das Regiões, sobretudo quando Portugal, na sua condição periférica, se posiciona como destino de referência.

O 29º Congresso da AHP traz ainda para o debate outros quatro grandes temas: “Como crescer sem perder a identidade?”; “As Pessoas: a aposta de sempre, os reptos do futuro”; “The Future of Hotel Revenue Management: Big Data, Business Intelligence & Analytics para hoteleiros”; e “Novas tendências do alojamento – The Hotel. The Hostel. The House”.

Os Congressos da AHP são abertos a todos os que desenvolvem atividades no turismo ou com ele relacionadas, pelo que conta anualmente com parceiros de referência como Recheio, BMW, NOS, Samsung, entre outros, essenciais para a dinamização e desenvolvimento do setor. Esta edição conta com o apoio institucional do Turismo Centro de Portugal.