Covid-19: António Costa ameaça companhias de aviação com multas se transportarem passageiros sem estarem testados

Carla Ribeiro

O primeiro-ministro, que fala aos jornalistas a propósito da pandemia, está a anunciar uma série de medidas já avançadas pelo Governo Regional da Madeira.

António Costa diz que os testes são obrigatórios para qualquer entrada em território nacional, seja qual for o ponto de origem ou a nacionalidade do passageiro. E recorda que é obrigação de todas as companhias de aviação, no momento do 'check-in', só permitir o embarque de pessoas para Portugal, pessoas devidamente testadas. "Constatamos que as companhias de aviação não têm cumprido a sua obrigação. Passaremos a aplicar uma coima de 20 mil euros por cada passageiro desembarcado no território português sem que tenha sido devidamente testado", acaba de afirmar o primeiro-ministro, que deixa uma mensagem muito clara a todas as companhias de aviação: "é um ato de profunda irresponsabilidade transportar pessoas que não estão testadas".