PortoCartoon apresenta CR7 na capitania de Aveiro

Depois de momentos excecionais para Cristiano Ronaldo, esta exposição constitui a expressão da força do humor e da imprensa no mundo.

Tanto a distorção humorística como as letras garrafais dos jornais e revistas relevam quem se impõe nos pedestais do mundo. Assim acontece com o CR7.
Figura de exceção no futebol mundial, Ronaldo exercita o talento dos artistas. As bolas de ouro tornam-se referência distintiva.
Desde o brinco do 'centurião romano' à maçã-de-Adão, o ouro reluz nos desenhos. Como reluziu no PortoCartoon-World Festival.
Descobrir esta arte da caricatura é penetrar melhor na personagem que faz da bola um brinquedo da cabeça aos pés. Brinquedo dourado e resplandecente.
Aqui podemos rir à vontade. Não há árbitros, nem faltas, nem cartões. Mais sérias são as capas dos jornais e revistas da imprensa nacional e internacional.
No total, cerca de 150 peças mostram os diferentes olhares com que CR7 é visto. Se, por um lado, se ri e reflete com o humor; por outro, a força de imprensa atesta o vigor do ’fenómeno’ que, um dia, aos 11 anos, deixou a pobreza da Ilha da Madeira, para se tornar no conquistador imparável de troféus e no ‘desportista mais rico’ do planeta. Do Andorinha voou para os maiores clubes do mundo. E agora continua voando sobre recordes. Ambicionando e prometendo mais. Com humor brilhante, entre capas e manchetes, descobre-se o ídolo - de barro, sangue e ouro feito - na sua verdadeira dimensão.