Arrancou às 15h00 de hoje a mostra etnográfica intitulada "Camacha de Ontem, Madeira de Sempre". Uma organização da ADESCA - Associação de Desenvolvimento Social e Cultural da Camacha, que visa recordar e perpetuar os hábitos e costumes mais acentrais da pitoresca vila, indelevelmente ligada ao folclore, futebol e vimes. 

Muitos são os curiosos - entre populares e visitantes - que acorrem aos locais onde a mostra decorre para uma viagem ao passado. Nem a chuva amiúde tem demovido o muito povo que desfila por ali, de polo em polo, assistindo-se, portanto, a um périplo cultural. 

Lembrar, neste sentido, que a exposição está dividida por quatro polos. O primeiro a noroeste do Largo da Achada. O segundo no miradouro junto ao Café Relógio, e o ponto 3, na Quinta da Camacha. Já no adro da Igreja Matriz, encontra o quarto polo alusivo à vida quotidiana de então e a temáticas natalícias. 

A mostra encerra às 21h30 de hoje, mas prossegue amanhã entre as 12h00 e as 20h00.