O segundo dia de Summer Opening teve ainda mais público e entusiasmo, numa série de concertos em que o rap voltou a ser o prato forte. Plutónio, Dillaz e Expensive Soul deram espetáculo, mas os dois primeiros reclamaram grande parte do protagonismo.