Cerca de 15 entusiastas participaram, esta manhã, no passeio pedonal ‘Vamos enxergar e cuidar a geodiversidade que nos rodeia’, iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Câmara de Lobos e pelo grupo ProGeo – Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico, no âmbito da celebração do Dia Mundial da Terra.

Durante cerca de duas horas, procurou-se por divulgar o património geológico, histórico e cultural do concelho, promovendo, ao mesmo tempo, a atividade física, a saúde e o bem-estar.

Esta ação foi orientada pelo representante da ProGeo Portugal na Madeira, o engenheiro João Batista, acompanhado pelo engenheiro geólogo Sandro Vicente.

A partida deu-se nos Jardins do Ilhéu, sendo o ponto de chegada na Praça da Autonomia, em Câmara de Lobos. Um percurso curto, mas com uma enorme riqueza, com uma multiplicidade de ‘geocuriosidades’ que passam despercebidas aos olhares menos atentos.

João Batista deu a conhecer o significado de geotopónimos locais como o ilhéu, as fajãs, a baía, as salinas, o Cabo Girão, o Largo do Poço e o Caminho do Calhau, entre outros elementos da paisagem rica deste concelho que é considerado “a terra da pedra”.

Entre a boa disposição e uma vontade por saber mais, 15 pessoas caminharam ao longo do centro histórico da freguesia e da orla costeira esculpida pela erosão marinha, levando desta iniciativa a mensagem feita passar por João Batista: a necessidade de preservar o ambiente e dos nossos recursos naturais, pensando em si e nas gerações vindouras.