Os organizadores da manifestação do passado dia 23 de janeiro no Largo do Colégio, que reuniu mais de 600 pessoas contra o regime de Nicolás Maduro, decidiram agradecer o apoio do Parlamento Europeu.

Carlos Fernandes foi o porta-voz da atividade, que consistiu na entrega de uma carta ao Parlamento Europeu, “em agradecimento pelo apoio prestado com o reconhecimento de Juan Guaidó como Presidente interino legítimo da Venezuela”.

Esse ato teve lugar esta noite, na sede do Centro de Informação Europe Direct Madeira, em Câmara de Lobos, numa iniciativa que contou com o apoio das associações Venexos e Venecom.