Tal como avançou o JM, a Secretaria Regional dos Equipamentos e Infraestruturas (SREI) admite vir a cessar o contrato celebrado com a Somague para a empreitada de construção da nova escola da Ribeira Brava.

Anteontem, o secretário regional Amílcar Gonçalves confirmou a existência de um desajustamento em relação ao cronograma da obra.

Ressalve-se que a empreitada de construção foi entregue à Sacyr-Somage, que ganhou a adjunção do contrato para a construção da nova escola no valor de 6,4 milhões de euros mais IVA.

Saiba mais no vídeo.