Caso Maddie: novas provas encontradas no 'refúgio secreto' do suspeito do rapto

Foi revelado o 'refúgio secreto' de Christian Brueckner, o alemão que é o mais recente suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann.

Este era o local escolhido para o pedófilo alemão se esconder, e onde foram encontradas as novas provas e indícios que o ligam ao caso Maddie, informou hoje o Correio da Manhã.

A casa abandonada foi visitada pelo programa 60 Minutos, do canal australiano 9news. Esta está situada perto de uma unidade fabril desactivada, em Neuwegersleben, na Alemanha.

Nas imagens divulgadas é possível ver todo o material electrónico que foi descoberto enterrado junto à casa devoluta onde Brueckner se refugiava. Entre estas provas estará também aquela que liga o suspeito ao desaparecimento da Maddie e que leva as autoridades alemãs a afirmar que a menina inglesa estará morta, adianta o programa, mencionado pelo Correio da Manhã. As pens e computadores encontrados estavam enterrados junto ao cão morto de Brueckner.

Segundo a mesma publicação, o procurador alemão Hans Christian Wolter não adiantou se se confirma que imagens de Maddie estão entre as apreendidas. "Não posso negar nem confirmar que Madeleine McCann estava entre as crianças que apareciam nos ficheiros de pornografia infantil. De momento não podemos adiantar pormenores", afirmou, citado pela mesma fonte.

"Temos provas concretas de que este suspeito matou a Madeleine e que ela está morta. Os pais já foram informados pela polícia alemã desta informação, mas não lhes foram revelados todos os detalhes", explicou ainda.