Utilização de cloroquina aumenta risco de morte e não é eficaz contra a covid-19

A utilização de cloroquina aumenta o risco de morte e não é eficaz contra a covid-19. As conclusões são de um estudo realizado pela revista científica britânica ‘Lancet’.

O referido estudo adianta que o medicamento que é usado contra a malária não é eficaz para o tratamento da covid-19 e que terá mesmo feito aumentadar o número de mortos entre os pacientes que foram tratados contra o novo coronavírus em hospitais de todo o mundo.

Recorde-se que a polémica terá encetado quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse tomar hidroxicloroquina mesmo sem estar infetado. A teoria é também apoiada por Jair Bolsonaro, presidente do Brasil.