Covid-19: Quase 22 mil mortos em todo o mundo

Lusa

Quase 22 mil pessoas morreram em todo o mundo infetadas por covid-19, de acordo com um balanço feito pela Agência France Presse (AFP) a partir de dados oficiais divulgados hoje às 11:00.

De acordo com este balanço, o novo coronavírus matou 21.867 pessoas e foram considerados curados pelo menos 106.200 em todo o mundo desde que surgiu em dezembro.

Foram registados 481.230 casos de infeção em mais de 182 países e territórios desde o início da epidemia.

Itália, que registou a primeira morte ligada ao coronavírus no final de fevereiro, é o país mais afetado em número de mortes, com 7.503 mortes em 74.386 casos. 9.362 pessoas foram consideradas curadas pelas autoridades italianas.

Depois de Itália, os países mais afetados são Espanha, com 4.089 mortes para 56.188 casos, China continental com 3.281 mortes (81.218 casos), Irão com 2.234 mortes (29.406 casos) e França com 1.331 mortes (25.233 casos).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou 81.218 casos (47 novos entre quarta e hoje), incluindo 3.281 mortes (4 novas) e 73.159 recuperações.

Desde as 19:00 de quarta-feira, a Cisjordânia e a Croácia anunciaram as primeiras mortes ligadas ao vírus.

A Europa totalizou até às 11:00 de hoje, 14.640 mortes para 258.068 casos, a Ásia 3.636 mortes (100.937 casos), Médio Oriente 2.281 mortes (35.324 casos), Estados Unidos e Canadá 1.082 mortes (72.606 casos), América Latina e Caraíbas 141 mortes (8.439 casos), África 73 mortes (2.748 casos) e Oceânia 14 mortes (3.111 casos).

Em Portugal, registaram-se 43 mortes e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.