'Ingressa no Futuro' sensibiliza alunos para uma cultura de segurança e de defesa nacional

A iniciativa 'Ingressa no Futuro', da Secretaria Regional de Educação, tem a finalidade de "sensibilizar os alunos para uma cultura de segurança e de defesa nacional, bem como promover o papel das Forças Armadas junto da comunidade educativa, proporcionando o contacto direto com as Missões das Forças Armadas num momento de escolha de uma carreira profissional."

Trata-se de uma iniciativa que pretende chegar aos alunos do 9º ano e à semelhança do programa 'Alista-te por um dia' é pioneira no país.

Fases sequenciais
1. Prova de aventura, com orientação e desafios do contexto histórico e militar – 20 de março (apuramento);
2. Ingresso nas Forças Armadas, com experiência em regime residencial (Marinha, Exército, Força Aérea) – 30 de março a 3 de abril (equipas apuradas);
3. Participação nas Comemorações Oficiais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – 10 de junho (equipas apuradas);
4. Receção pelo Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas – início de setembro (equipa vencedora).

Objetivos
a) Sensibilizar os jovens para o papel das Forças Armadas como Instituição estruturante do Estado;
b) Evidenciar o contributo específico dos órgãos e das estruturas de defesa para a afirmação e a preservação dos direitos e liberdades civis;
c) Criar elos entre o público juvenil e as Forças Armadas.
d) Familiarizar os participantes com a missão e as atividades dos três Ramos das Forças Armadas (Marinha, Exército e Força Aérea);
e) Desafiar os alunos, a sua criatividade e a sua capacidade de resolução de problemas;
f) Contribuir para uma cidadania ativa e informada dos jovens na sociedade, reforçando uma educação para a segurança, a defesa e a paz;
g) Incentivar os jovens para o ingresso na carreira militar.